quarta-feira, 27 de julho de 2011

4 Truques in-fa-lí-veis para não comer além da conta



Bom Dia Meninas e Meninos
Hoje era dia de endócrino, mas não fui. Passei uma noite com uma enxaqueca do cão e quando acordei pra variar tinha muita neblina. Como vcs sabem eu moro na serra e pra descer fica bem complicado quando a visibilidade é pouca. Preferi não arriscar ainda mais que ia sozinha com a Valentina. No mais como diz meu marido, kkk eu ia viajar quase duas horas pra ir me pesar porque é isso que tenho feito na endócrino ultimamente. Mas tudo bem, já remarquei minha consulta pro final de setembro.

Quanto a matéria que publiquei ontem, pedi a opinião de vcs mas não dei a minha. Pois bem....
em relação aos relacionamentos serem mais felizes quando a mulher é mais magra que o marido, acho que isso não se refere muito a amor. Um dia perguntei pro meu marido se eu estivesse bem acima do peso ele ainda me amaria. A resposta dele foi bem direta e clara. Pode até parecer anti-romântica, kkk (ele realmente não é nada romântico) mas acho que a maioria dos homens pensa assim, mas muitos só não tem coragem de falar. Bom mas voltando.... ele me respondeu que não deixaria de me amar, mas com certeza se estivesse muito acima do meu peso e fora de forma o desejo, tesão, prazer não seriam os mesmos.  
Vocês podem pensar, nossa que radical, mas eu penso exatamente da mesma forma. Vou explicar... 
Quando ele me conheceu eu era magra, tinha um corpo normal. Andava sempre bem arrumada, podia desfilar de biquini, colocar uma roupa mais sensual e coisas deste tipo. Ele me conheceu assim. Depois que tive nossa primeira filha e me mudei fui deixando a coisa um pouco de lado e por nenhum instante ele reclamou. Mas um belo dia minha ficha caiu. Comecei a ver que já não me arrumava mais, que já não ligava mais pro meu corpo. Que já não podia frequentar a piscina e a praia da mesma forma que fazia antes e que pior estava submetendo o meu marido a isso. Pois afinal de contas era ele que desfilava com a mulher mais gordinha da piscina, a que mal entrava nas roupas, enquanto os amigos desfilavam com suas mulheres lindas e em forma. Isso foi a gota d'água pra minha mudança e pra me manter em forma. Quero que meu marido possa conviver com a pessoa que ele conheceu, que tenha orgulho de andar comigo de um lado pro outro, que sinta desejo, tesão, prazer da mesma forma que foi quando iniciamos o nosso namoro.
Fica claro meninas que tudo é uma questão de ponto de vista e que cada uma de nós tem a sua, sei que muitas vão concordar e outras discordar mas cada uma tem sua opinião. 

Fica ai mais umas dicas que são sempre importantes......


4 Truques in-fa-lí-veis para não comer além da conta

1. Coma antes de comer. Acredite: essa é uma grande estratégia para evitar um prato tamanho GG no almoço e no jantar. Na prática, isso significa literalmente fazer uma boquinha antes de sentar-se à mesa. Uma pesquisa com 59 pessoas e que durou cinco semanas, realizada na Universidade do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, revelou que quem come uma maçã 15 minutos antes de uma refeição ingere 187 calorias a menos. E isso equivale a deixar de comer uma barra de chocolate ao leite de aproximadamente 40 gramas! Para chegar a esse resultado, os cientistas separaram os voluntários em três turmas: a primeira comeu a maçã, a segunda bebeu o suco da fruta enriquecido de fibras e a terceira ficou com a bebida pura. E só o primeiro grupo -- o da maçã inteira -- contentou-se com menos comida. Os estudiosos americanos concluíram que frutas in natura, em geral, deixam o prato mais magro. "A pectina, que é um tipo de fibra, dificulta a absorção de gorduras e açúcares", esclarece a nutricionista funcional Lucyanna Kalluf, do Instituto Alpha de Saúde Integral, de São Paulo. Outra tática é optar por uma entrada um prato de sopa de vegetais pode reduzir o valor calórico em até 130 calorias. É como se você deixasse de engolir uma taça de vinho tinto com 150 ml! Mandar ver um prato grande de salada de folhas é mais uma boa pedida para não sentir tanta fome na hora H. Nesse caso, dá para reduzir em 12% o valor calórico da refeição. Só que a tal entrada deve ter entre 100 e 150 calorias, olha lá. E, só para variar, experimente um caldinho de vegetais com uma colher de sopa de flocos de aveia. "Esse cereal é rico em fibras solúveis, que formam um gel viscoso com a água, permanecendo mais tempo no estômago", conclui Lucyanna. E aí -- adivinhe -- nada de fome!

2. Encha o prato com... ... alimentos fibrosos e ricos em água. Além da salada e da sopa de vegetais como entrada, é importante escolher, tanto na refeição principal como na sobremesa, ingredientes com maior quantidade de fibras. É o caso dos cereais integrais, que dão saciedade pra valer. Frutas como melancia e melão têm o mesmo efeito. E não se esqueça da gelatina, dos ensopados e dos cozidos, que também não deixam você exagerar nas comidas engordativas. "Assim como a maçã, todos esses itens aplacam a fome rapidamente", completa Andrea Rabay.

3. Mantenha sempre a lancheira a postos. Fazer pequenos lanches entre as refeições é fundamental para evitar picos de fome na hora do almoço e do jantar. Parece óbvio, mas nem todo mundo se dá conta de que ir para a mesa com fome de leão tem um resultado nefasto: um prato gigante. "Comer pequenas porções e mais vezes ao longo do dia não só diminui a fome como acelera o metabolismo", afirma o professor de educação física Carlos Simeão Júnior, de São Paulo, que é doutorando em nutrição. Logo, é importante ter sempre à mão um lanchinho saudável. Pode ser uma fruta, um iogurte, um punhado de frutas secas, uma barrinha de cereal integral ou um suco de caixinha -- sem açúcar, bem entendido.

4. Descanse se estiver cansado. E fique longe da geladeira. Se tem uma coisa que faz as pessoas perderem o controle na hora de botar comida no prato, ela se chama cansaço. "Para compensar esse estado, o corpo procura uma fonte de prazer -- e a mais fácil e prática é a comida", afirma a psicóloga Suzy Camacho, de São Paulo. Além disso, a exaustão nos dá uma falsa sensação de fome. E aí vamos buscar no alimento a energia de que nem precisamos de verdade. Resultado: acabamos escolhendo alimentos mais energéticos e, portanto, mais calóricos. "Fadiga se cura com repouso, um cochilo ou um banho morno, por exemplo, e não com calorias", lembra a psicóloga. Ou seja, evite fazer uma refeição enquanto estiver caindo pelas tabelas. Caso contrário, see prato vai pesar -- e muito -- na balança.
Fonte Revista Saúde

Grande Beijo e Linda Quarta

20 comentários:

Dani disse...

Olá querida!!!
Tava dando umas voltas pelos blogs e parei por aqui!!! Amei teu cantinho!!! Vc tá lindona heim!! Muito boa as dicas
Bjos

♥♥♥ Meire ♥♥♥ disse...

kkkk Gostei da sua opnião, melhor nem pensar nisso! rsrsr!!

Muito legal essas dicas, algumas eu seguia sem saber!!

Bjs e ótimo dia!!!

Bethynha disse...

bom dia amigaa
que lindo dia hj ne?esse solzinhooo..ta quentinhooooo ebaaaa
ahh sobre o que os homens pensam..acho que depende do homem..meu namorado me conheceu gordinha..hehe
claro que depois que emagreci eh muito melhor...

bjos e boa quarta

Anna disse...

teu marido ta certissimo, e que bom q vc mudou a tempo , q o alerta acendeu na hora, eu to em processo de mudança ainda e ele tb.... quanto as dicas , ameiiii
bjim flor

Joanna disse...

Ei!
realmente é melhor vc ter adiado a consulta...ainda mais q vc ja está em manutenção e nao depende mais da medica para emagrecer!

sobre a materia de ontem, eu era mais gorda do q meu namorado e hj estamos praticamente pesando o mesmo tanto, pq ele é bem magrinho para homem... mas isso nunca interferiu no nosso relacionamento nao..


adorei a materia de hj!

bjos

Geovana Centeno disse...

oi flor gostei do post, eu era bem mais magra, e meu marido tambem, eu era de parar o transito kkkkk, mulher magra com o quadril largo sabe como é hehehe...depois que tive filhos so engordei tanto que fui parar em 120kg, hoje to na luta ainda, não quero desfilar de biquini, mas quero vestir uma calça 40 ja ta otimo ehehe...beijos!

Giselle Freitas disse...

Oi linda adorei as dicas e fico preocupada com meu noivo me achar horrivel, apesar dele falar que não.
Mas como vc disse que geralmente sou a mais gordinha da piscina da praia, das mulheres dos irmãos, é triste isso, mas vou mudar esse casa e vc vai ver...hauhaua...
Ha e muito obrigado pela força viu linda!!!

Valquíria disse...

Meu marido não gosta de mulher gorda! E também é muito direto e nada romantico e me cobra muito isso! Mais acima de tudo não me sinto bem com esse peso! Beijos...

Rose Light disse...

Oi Tassi! Deveria ter lido teu post antes do almoço...me enchi de melancia de de carbos também. Bom, mas pelo menos aprendi, acho que vou diminuir meu prato. Adorei a sua opinião sobre os casais, e alguns não falam o que teu marido falou mas pensam exatamente assim: que bom que ele foi sincero. Suas dicas são sempre muito boas. Beijinhos carinhosos.

Mazita disse...

Oi Tassi, concordo plemente com vc, acho que grande parte dos casamentos não dão certo por esse motivo tbm, nós mulheres achamos que o principe encantado existe e vai nos amar icondicionalmente e eternamente do gente que somos, só pelo o que temos por dentro.
Mas acho que isso não exite a minha fixa tbm só caiu quando meu marido me perguntou, quando vc vai ser magrinha de novo....


Bom final de quarta!
Beijo

disse...

penso exatamente assim amiga.
meu marido também me conheceu magra e ganhei muito peso na gravides e quando pergunto pra ele ele diz que tava esperando eu tomar uma providencia porque o sobrepeso acaba prejudicando o casal, quem fica a vontade de botar um lingerie sexi pro marido e se sentir ridicula?
e na hora de sair acaba brigando porque vc sabe que vai encontrar os amigos do marido e suas mulheres magras e vc gorda..
mas acho que o mais importante é não ter pressão, meu marido não tava satisfeito mas em nenhum momento me presionou a emagrecer, esperou o meu momento ate porque me conhecendo como me conhece ele sabia que eu não ia aguentar aquela situação de sobrepeso por muito tempo.
mil bjs

Rubí disse...

oi Tassi!
Concordo com vc em cada ponto, em cada vírgula.
Qdo conheci meu esposo também tinha um corpo legal.
Agora estou correndo atrás do prejuízo, olha que nem tive filhos ainda. Mas nunca é tarde!
Um bjão para vc.

Pérolla Yara disse...

Oi lindona!
Que bom ter voltado a se amar, não só para o seu marido como para você mesma. Está de parabéns agora, está com um lindo "corpitcho".
E muito legal a matéria sobre controlar a bendita fome.
Obrigada pelo carinho no meu cantinho!!!
beijooo

Estrela disse...

Boa Tarde Flor!!!
Concordo plenamente com você, em tudo! Acabei de conhecer seu cantinho e amei... Vou virar visita constante, rs. Muito bacanas as dicas.
Parabéns você está lindona...
Também vou chegar lá!
Beijos.

Patricia disse...

oi amiga saudades de seu cantinho, olha quanto ao ponto de vista é pessoal mesmo amiga, meu marido nunca reclamou de eu estar acima do peso vc acreditaw eu que não gosto, que me sinto mal, feia, e depois de ficar sem saúde a ficha caiu, e quanto a ir pra endocrino, não se arrisque mesmo, vá mês que vem quando o maridón estiver aí bjokas minha linda....

Aline disse...

Oi linda... passeando, achei teu blog... Adorei tuas idéias
Estarei te seguindo....
Beijo no coração!

Vanessa Pimenta disse...

Oi Tassi,te achei em algum blog,fucei e adorei,estou te seguindo!
Amei esse post,me identifiquei bastante e até mexeu comigo!Essa semana mesmo me questionei sobre isso,meu marido me conheceu de um jeito,nos casamos e agora estou de outra e nossa relação não está tão bem!
Ele diz que me aceita gordinha,mas agora estou parando de me arrumar,de ter vontade de sair por causa do peso e tenho que mudar isso!
Bjosss,também gostei das dicas!

josy disse...

Oi amiga!
Concordo com vc,sabia?Fora que acho que o cuidar de si mesma é fator preponderante para que possamos nos sentir melhor, qd nos descuidamos ( muitas vezes sem perceber) acabamos por vezes afastando quem amamos pois nossa auto estima fica lá no chão e nosso comportamente muda.
Depois que comecei a fazer RA, a me cuidar mais,sinto um prazer tão grande, uma alegria imensa em perceber que eu posso mudar tanta coisa na minha vida!E isso é algo tão especial!

Flor que sua quinta seja linda,viu?
Obrigada pelo carinho de sempre!!
bjs

Fabi disse...

Oi...Menina!!

Que post radical...

Meu marido disse que prefere eu gordinha, pois quando eu era magra eu dava muito trabalho...kk...Mas tenho certeza que ele iria sim ter uma mulher esbelta ao lado dele...Sabe, teve um período de minha vida que eu deixei de sair em muitos lugares com vergomha de envergonha-lo , acredita? Embora ele nunca tivesse me passado isso...pois e´, hoje não tenho mais essas crises, mas ainda sonho em desfilar lindamente com ele...
beijos, querida.

Gabi {LeLa} Bettiato disse...

Ai meu Deus, vou ter que comentar... Ooooo Tassseee??? Qual foi a piscina que tu foi (e eu não) que tu era a mais gordinha???? E eu fico em que lugar da fila?? Só se foi nas férias, que vcs foram lá pras "Aguas".... Nananana, é uma exagerada essa Cunhada, mas entendo perfeitamente e concordo com ela. Bjubju