segunda-feira, 2 de maio de 2011

Comida: meu bem meu mal

Bom Dia Meninas
 Olá meninas!!! Dia iniciando na terra do Papai Noel, kkk. 10 graus e sensação térmica??? nem quero saber.

Espero que todas tenham tido um maravilhoso final de semana.
Por aqui tudo maravilhosamente bem. Muita comilança no findi com direito a churrasco, peixe assado e paçoca de pinhão com carne (no fogão a lenha é claro).
Comi tudo isso, mas me movimentei muito tbm o que me ajudou a me livrar de mais umas gramas.

Dona M partiu, quer dizer, está escondida. Bastou esquecer um dia o remédio e lá estava ela mostrando as caras novamente.

Trabalhos da faculdade concluídos, agora só falta saber se passei.

Agora começa a correria do niver da filhota que já esta em cima da hora e eu ainda não fiz nada. Essa semana eu e minha cunhada vamos dar um jeito nisso.

Acho que por hoje é isso. Antes de partir vou deixar mais uma matéria legal pra vocês.

Comida: meu bem meu mal

Protagonistas nas mesas de celebração, e até aliados nos momentos de dor, os alimentos são prontamente requisitados assim que um sentimento eclode. Seja ele positivo ou negativo.

por ADRIANA TOLEDO / design ANA PAULA MEGDA / fotos ALEX SILVA

Da paulista Palmirinha Onofre ao inglês Jamie Oliver, são dezenas de apresentadores televisivos e chefs de cozinha que, no mundo todo, se dedicam a despertar, em seus telespectadores, a emoção sensorial que o preparo e a degustação de um prato são capazes de proporcionar. Não à toa o sucesso é absoluto. Mais do que uma necessidade fisiológica, o ritual da alimentação é um dos prazeres mais intensos do nosso cotidiano. E tem tudo a ver com o estado de espírito.  Saboreie alguns insights desses experts a seguir. E bom apetite!

Por que certos alimentos, especialmente os mais doces e gordurosos, conferem a sensação de prazer em momentos de depressão e ansiedade?
“Durante experiências depressivas ou ansiosas, a necessidade de obtenção de prazer por meio de um sistema de recompensa costuma se exacerbar”, explica o psiquiatra Alexandre Azevedo, coordenador do Grupo de Estudos em Comer Compulsivo e Obesidade do Hospital das Clínicas de São Paulo. “E os alimentos cheios de açúcar e gordura, como o chocolate e os molhos, por serem mais saborosos, proporcionam essa sensação depressa”, complementa a endocrinologista Ellen Paiva, diretora do Centro Integrado de Terapia Nutricional, na capital paulista.

As limitações impostas por uma restrição alimentar são capazes de se tornar frustrantes a ponto de conduzir a um estado de depressão?
“Sim, já que comer e beber, além de conferir bem-estar, faz parte dos rituais de socialização”, opina Lara Natacci, autora do livro Anorexia, Bulimina e Compulsão Alimentar, da Editora Atheneu. “Ou seja, uma dieta muito rígida não só priva o indivíduo do prazer que os alimentos oferecem como também conduz ao isolamento, favorecendo o estado depressivo.”

A partir de que ponto recorrer à comida como válvula de escape se torna prejudicial?
“Nunca a perda de controle e o aumento excessivo de um padrão habitual podem ser considerados algo positivo”, dispara Azevedo. “Às vezes, nos alimentamos quando estamos sem fome, em ocasiões festivas ou de confraternização. Entretanto, comer por tristeza ou melancolia traz o sentimento de culpa, o que é ainda pior do que o próprio exagero”, completa Ellen.

Que problemas na relação com a comida podem culminar em um transtorno alimentar?
“Não raro tudo começa com uma simples dieta para eliminar alguns quilos”, avisa Lara. Segundo ela, é comum que a pessoa passe a reprimir a fome até chegar a um ponto em que deixa de manifestar esse impulso. “Também existem evidências de que a pressão social pela boa forma na adolescência, os traumas de infância, o perfeccionismo e a presença da doença na família colaboram com esses distúrbios”, conclui.

Quais os perigos de transferir o vício de um item potencialmente nocivo, como o álcool e o cigarro, para os alimentos?
Antes da resposta, Alexandre Azevedo faz uma correção: “Existem substâncias capazes de provocar dependência química, como o álcool, o tabaco e as drogas ilícitas, diferentemente da comida, que, portanto, não promove vício”, esclarece. Algumas pessoas, porém, tendem a apresentar um comportamento compulsivo. “Ao parar de fumar, é esperado que o indivíduo se sinta ansioso e busque nos alimentos o alívio para esse sentimento”, afirma Lara Natacci. “Existem casos também em que o hábito mecânico de acender um cigarro ou beber um copo de uísque é substituído pelo de comer compulsivamente”, conta.

Por que alguns alimentos se tornam proibitivos?
“Quando itens muito calóricos, ricos em gorduras saturadas ou açúcares são ingeridos de maneira abusiva, eles se tornam verdadeiros promotores de doenças”, afirma Ellen Paiva. No rol das enfermidades, estão inclusos o diabete, a obesidade e os problemas cardiovasculares. “Mas as grandes porções e a frequência de consumo é que são os vilões. Consumido em pequena quantidade, nenhum alimento precisa ser banido do cardápio, exceto se houver dificuldade em controlar sua ingestão”, responde a endocrinologista.

Por que algumas pessoas perdem a fome quando estão tristes ou nervosas?
“De fato, há indivíduos que reagem dessa maneira. Outros, diferentemente, apresentam o aumento do apetite. Ou, então, não observam mudanças diante de uma situação de tristeza ou de ansiedade”, revela Azevedo. De acordo com o psiquiatra, o elo entre essas emoções e a vontade de comer seriam os neurotransmissores, substâncias que conduzem informações elétricas entre os neurônios, como a serotonina, a dopamina e a noradrenalina. “Eles regulam tanto o estado de humor como o equilíbrio entre a fome e a saciedade”, explica. Em outras palavras, quando esses condutores químicos são alterados devido a questões emocionais, pode ocorrer um desequilíbrio no apetite.

É verdade que as mulheres têm maior tendência a utilizar a comida como uma válvula de escape do que os homens?
“Nem sempre. Comer compulsivamente como uma forma de compensar o estresse pode ser uma característica tanto feminina como masculina”, avalia Lara Natacci. Mas, de acordo com a nutricionista, o fator hormonal é um agravante no caso delas. Isso porque, no período pré-menstrual, algumas enfrentam uma redução nos níveis de serotonina, que, conforme mencionamos anteriormente, é fundamental para o bem-estar. “Aí a tendência é que abusem do chocolate, por exemplo. Ele é rico em triptofano, substância precursora de serotonina”, justifica. Até porque, pelo simples fato de serem saborosas, as guloseimas promovem o prazer imediato, o que ajuda a atenuar o desconforto emocional típico dessa fase do ciclo.


Grande Beijo e Maravilhosa Segunda!!!
 

26 comentários:

♥♥♥ Meire ♥♥♥ disse...

Bom dia Tassi.

Menina!!! Se não tiver um aquecedor na sua casa, providencie o mais rápido possível! rsrsrs Aqui, prdomina o calor, então qualquer esfriadinha já está todo mundo se empacotando de blusas! rsrsrsr
Ainda bem que dona M está pelo menos controlada né? Ninguem merece!!!
Bjs e tenha uma excelente semana!

Amanda disse...

Tassi, amei os links que vc me mandou para ajudar contar as calorias, agora to contando td bem direitinho!!!
Obrigada amiga!!!

Ah! Outra coisa, cada vez mais estou deixando de adoçar o chá e o café... to me acostumando com o sabor... Qdo chegar no meu objetivo posso até voltar a adoçar ou nao, quem sabe, rsrsrs

Bjao amiga, fica com deus :)

Anna disse...

Oi Tassi, meu findi tb foi meio calorico, mas fiz bastante caminhada pra compensar, resolvi pegar firme na AF kkkkk meninaaa que frio é esse né, credooo kkkk
como sempre amei a materia do dia
bjim e boa segundona

Joanna disse...

Ei!!
que delicia de fim de semana, hein?! só coisas gostosas!!!
concordo plenamente com essa reportagem!
bjos e otima semana!

Maria disse...

Bom dia amiga!

Passei longe de um fds perfeito, mas vou recomeçar de novo, como sempre rsrs

amei a matéria, super interessante! bjos e uma linda semana pra ti!

Patricia disse...

oi Tassi, que fim de semana bom então, onde tem comilança tem reunião com família. Meu problema com comida é esse mesmo, comer quando estou com problemas, quando me sinto só, eu queria era deixar de comer quando estou com problemas kkk estaria fininha, mas temos que aprender a lidar com as complusões e o caminho é árduo, bje e boa segunda!!!

Fefa, disse...

Oi Tassi!
Meu fim de semana tb foi de comilança. Mas to animada mesmo pra começar o mês!
vamos ver o resultado!!!
Força aí tb e cuida desse bagulho aí da dona M hein!

Rosangela disse...

oi querida
olha eu ja estou cansada dos meus recomeços kkk
quero chegar a minha meta ,maginba o maridão todo faceiro e a gente do lado aquela bagulhão
ah eu nao aceito issoo kkkkkk
preciso correr pra recuperar a vergonha na cara kkk
beijão
e vamos a luta

beijão

otima semana

disse...

amiga, que frio!!!!!
aqui em itatiaia também faz frio mas não chega nem perto do frio dai e eu quase morro.kkkkkk
aniversario dá um trabalhão né? o da minha pequena é em junho mas esse ano vou fazer só um bolinho só fiz festão no de 1 ano.
bjs e ótima semana

Tati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tati disse...

Bom dia tassia, agradecendo por te me add =) qualquer dia nois bate um papo.. popde desxa q eu chamoo mesmo rsrsr.. bjus ótima semanaa.. hje nao vou entrar no msn talvez =/

bju

Dhy Saturnine disse...

resumindo... o ser humano adora um viciozinho kkk estou tentando só ter habitos saudaveis a ponto que vire um vicio saudavel, mas como é dificiiiil hehe

bjsss boa semana

Geovana Centeno disse...

oi flor boa semaninha, adorei o cardapio, adoro churrasco heheeh, por será né....só não sou chegada em pinhão e que frio em menina, o inverno chegou no nosso estado...beijcoas!

* O meu cantinho * disse...

Ola =)

espero que tenhas uma optima segunda feira=)

começa a semana com o pé direito hhe

beijoo

menina com uma flor disse...

oi querida!! frio é bom, mas só de vez em quando né? em que lugar vc mora? no sul né? então, a d.M ta chegando agora, e como ela é chata hahaha
otima materia,bjs

Aline Ferreti disse...

Oie amoreee!

Frio, chuva e segunda-feira. Que combinação, hein????

Olha, uma parte do texto se aplica perfeitamente a mim, eu sou compulsiva e fumante.. interajo nos meus dois vícios simultaneamente.. é uma luta dobrada!

Bjkas e ótima semana!

carina disse...

oi tassi passei pra desejare uma otima semana!!!aqui onde moro tbm está terrível de frio....isso é o sul neh...rsrsrs beijoooo

Patty Zunin disse...

Olá Boa tarde?
Pois eh neh, eh legal poder encontrar alguem de Caxias, qaulquer dia desses podemos marcar de nos encontrar, na UCS, estou lah praticamente todos os dias da semana!
Ha resumindo o teu post, eu acho que a mulher eh tudo isso mesmo. tem que se preocupar com todos, mas he bom... assim nós nos sentimos bem...

bjuss e tenha uma ótima semana....

Mili disse...

Adorei a matéria, agora cabe a nós não "ceder" as emoções né?!
Se cuida e vamos para uma semana perfeita. Beijos :)

Lucy Britto disse...

Friozinho oh coisa boa rsss
ficar agarradinha com o love como é bom
mas como se come bem nessa casa hein rsss
adoro vir aqui e ver que vcs se reunem
e isso eu adoro pois renova as energias para uma nova semana
bjs

VIVI- vencendo a cada dia!!! disse...

Oi amiga

Ai no frio, e aqui só calor
Semana passada pensei que ele ia ficar de vez e que eu iria usar uma botinha, mais nadica ainda por enquanto.

E estava com saudades de vc e estou te esperando no meu novo cantinho por enquanto, tá bom..

beijos

Mariana disse...

Oi Tá!!

Aiiaiaia.. fugir dessas tentações, ultimamente esta sendo muito difícil!!
Aiii esse frio?!?! Num vai presta!!
Mas não vou pensar nisso.. foco .. foco.. foco..
bjs Boa semana

Patricia disse...

Olá Tassi, o fri tá feio heim???
e o calor aki tá matando, kakkak
Menina... Fala de findi não, o meu foi tenebroso, akkakakak
Mais nada como uma segundona!!!
Bjcoas

mikaella disse...

oi amiga!
amo o frio,adoro tudo no frio ...haha
e gostei de saber que comprou o livro,espero que goste da leitura,eu aproveitei muitas dicas...rs
ainda estou praticando a alimentaçao de b ig...bjoss e uma otima semana!!

Eu Preciso e Vou Emagrecer disse...

meu findy não foi poerfeito mais valeu foi bom d+, a vc venho desejar uma maravilhosa semana milhões de bejos no ♥

Amanda disse...

Tassi, amigam td bem? Olha eu sou mta chata com vc, né? Sempre estou te pedindo informaçao de td, rsrsrs, é porque contigo eu tenho confiança, vc transmite mta credibilidade e msm tendo tantas meninas informadíssima nessa nossa blogsfera, eu sempre gosto de ouvir sua opniao!

Hoje gostaria de te pedir uma receita de bolo comum light, rsrsrs, a Sra. que me ajuda fez um bolo de proteina (basicamente ovo e leite em pó) e meu marido nao gostou, nem eu, nem ela msm, fedia mto a ovo, sabe? Fez 2 vezes e nao teve sucesso, rsrsrs, daí eu dei uma olhada na net e enocntrei algumas receitas com farinha integral e tal, mas prefiro saber se vc sabe alguma recietinha? Se souber pode me mandar?

OBRIGADA, OBRIGADA E OBRIGADA :)